PINTAR PAREDES E TECTOS NO INTERIOR

Dica

 

Pintar um interior de uma habitação não tem que ser uma dor de cabeça! Para que seja assim é recomendável que se sigam algumas regras básicas. Neste artigo vamos tentar explicar de uma forma simples e acessível algumas dessas regras para que consiga fazer um trabalho de forma rápida e principalmente bem feito.

 

 

Preparar a pintura

Preparativos

- Pense muito bem como vai fazer o trabalho, a cor ou cores que vai aplicar, a tinta que vai utilizar e a quantidade que vai necessitar, se é necessário um primário, se é ou não necessário efectuar reparações nas paredes, etc., para que possa comprar todo o material necessário e assim não ter que voltar à loja quando já estiver com as mãos na “tinta”;

Com todo o material em seu poder, esvazie a divisão o máximo possível, coloque no centro os móveis que não poder retirar, e isole-os com uma cobertura plástica, pois não há nada mais aborrecido, trabalhoso e às vezes difícil, do que ter que limpar os restos de tinta no final do trabalho;

- Proteja cuidadosamente os rodapés e os caixilhos das portas e janelas, utilizando fita adesiva apropriada que não danifique os suportes nos quais foi colada;

- Desmonte as tomadas e os interruptores, após desligar a corrente, isole algum fio que esteja descarnado;

- Cubra todo o chão com jornais ou com um plástico grande;

pintar casa

 

Preparar as Paredes

- Uma boa preparação das paredes é tão importante como o trabalho de pintura em si, por isso dedique-lhe toda a atenção.

- Espere três a seis meses, dependendo da altura do ano, antes de pintar as paredes e tecto recentemente construídos, para que possam secar em profundidade;

- Limpe as paredes com um pano ligeiramente húmido caso seja necessário, por exemplo se estiverem com muito pó;

- As paredes e tectos que nunca foram pintadas, têm tendência a absorvem a tinta. Por isso aconselha-se a aplicar uma demão de um primário apropriado ou de uma demão de tinta bastante diluída em água, devendo os produtos serem da mesma marca para evitar incompatibilidades entre produtos;

- Paredes em gesso cartonado podem ser pintadas assim que as juntas estiverem secas (24 horas). Deverá aplicar primeiro uma demão de um primário adequado a este material;

 

Paredes e Tectos Já Pintados

- Se as paredes ou tectos estiverem com manchas de humidade ou fungos, trate primeiro estas situações antes de pintar.

- Se as manchas de uma parede não saírem, aplique um primário próprio em todo o suporte (indispensável para as manchas de fuligem de uma chaminé, por exemplo). Se não efectuar esta tarefa, terá que aplicar várias demãos de tinta de acabamento na superfície até tapar por completo as manchas, o que nem sempre é fácil;

- Se as manchas forem provocadas por fungos, lave a superfície com uma solução diluída (1/4 litro lixívia para 5 litros de água) e enxagúe com água limpa. De seguida aplique um produto anti fungos e deixe actuar durante 24 a 48 horas. Após este período de tempo poderá então pintá-la;

repara fissuras

- Repare buracos e fissuras com gesso ou betume próprio. Após a secagem, elimine as irregularidades com uma lixa fina. Não lixe uma parede estucada com muita força ou com uma lixa grossa pois pode danificar as paredes;

- É sempre problemático sobrepor tintas de diferentes tipos, como, por exemplo, esmalte sobre tinta de água, sem primeiro ter tratado as camadas antigas;

- As paredes pulverulentas (quer deixam resíduos de tinta na mão, quando são esfregadas) ou caiadas, deverão ser escovadas e levarem um primário apropriado, antes da aplicação da tinta de acabamento;

- Se as paredes estão ainda em bom estado e não necessitam de reparações, passe uma lixa fina em toda a área a ser pintada, limpe o pó com um pano húmido e após secagem aplique a tinta de acabamento;

- Para efectuar a pintura passe o rolo em áreas de +- 1m2 como se desenha-se um W, depois como se desenha-se um M (W invertido) e finalmente um W novamente.


Fonte: Site tintasepintura.pt
 

Voltar